Antes de tomar uma decisão de investimento, os potenciais investidores devem considerar cuidadosamente todas as informações disponíveis neste website, em especial os riscos mencionados abaixo. Os negócios, situação financeira e resultados de operações da Estácio Participações podem ser adversa e materialmente afetados por quaisquer desses riscos e, por conseguinte, impactar negativamente os títulos emitidos pela Companhia. Os riscos descritos abaixo são aqueles conhecidos pela Estácio Participações e que acredita-se podem afetar de maneira relevante a Companhia. Riscos adicionais não conhecidos pela Estácio Participações ou irrelevantes também podem afetar os seus negócios.

Fatores de Risco

Fatores de Risco

1) Riscos com relação à Companhia
  • A Estácio Participações enfrenta concorrência significativa em cada curso que oferece e em cada mercado geográfico que opera, e, se a Companhia não competir com eficiência, ela poderá perder participação de mercado e lucratividade;
  • As dificuldades em abrir, integrar e gerenciar com eficiência um número cada vez maior de unidades podem prejudicar os objetivos estratégicos da Companhia;
  • A Estácio Participações pode não conseguir identificar e adquirir novas instituições de ensino superior ou cumprir seus objetivos estratégicos e financeiros relativos a qualquer aquisição pretendida;
  • O aumento dos níveis de inadimplência no pagamento das mensalidades poderá afetar negativamente a Companhia;
  • A Companhia pode ser responsabilizada por eventos extraordinários que possam ocorrer em suas unidades;
  • Se a Estácio Participações não conseguir manter a qualidade de ensino em toda a sua rede, nem obtiver notas de avaliação positivas de suas unidades e de seus alunos, a Companhia poderá ser adversamente afetada;
  • A estratégia da Companhia envolve o uso intensivo de tecnologia da informação e depende da capacidade de acompanhar e adaptar às mudanças tecnológicas no setor educacional, bem como do funcionamento adequado e ininterrupto de infraestrutura tecnológica para manter a posição competitiva atual e implementar a estratégia com sucesso;
  • A Companhia depende de membros de sua administração, os quais podem não ser retidos ou substituídos por pessoas com a mesma experiência e qualificação;
  • Decisões desfavoráveis em processos judiciais, administrativos ou arbitrais podem afetar adversamente a Companhia.
  • Decisões adversas em processos que questionam o preenchimento dos requisitos legais para qualificação da SESES como entidade beneficente de assistência social podem afetar a companhia adversamente.
2) Riscos com relação ao controlador, direto ou indireto, da Companhia
  • Como a Estácio Participações não possui um acionista controlador ou grupo de controle titular de mais que 50% do capital votante, está susceptível a alianças entre acionistas, conflitos entre acionistas, morosidade para aprovação de algumas matérias em sede de Assembleia Geral por ausência de quórum, e outros eventos decorrentes da ausência de um acionista controlador ou grupo de controle titular de mais que 50% do capital votante.
3) Riscos com relação aos acionistas da Companhia
  • Os interesses dos administradores e executivos da Estácio Participações podem ficar excessivamente vinculados à cotação das ações da Companhia , uma vez que sua remuneração baseia-se também em um plano de opção de compra de ações;
  • A Companhia pode não pagar dividendos aos acionistas;
  • O investimento do acionista da Companhia pode sofrer diluição no futuro e o preço das ações poderá ser afetado.
4) Riscos com relação a controladas e coligadas da Companhia
  • A Estácio depende da distribuição de resultados de suas controladas e seu resultado pode ser adversamente afetado caso as suas controladas tiverem seu desempenho prejudicado.
5) Riscos com relação aos fornecedores da Companhia
  • A Companhia e suas subsidiárias podem figurar como responsáveis principais ou solidárias das dívidas trabalhistas de terceirizados.
6) Riscos com relação aos clientes da Companhia
  • Se a Companhia não tiver condições de atrair e reter os alunos, ou não conseguir assim proceder sem reduzir suas mensalidades, as receitas poderão ser reduzidas e a Companhia poderá ser prejudicada;
  • Qualquer aumento nas taxas de evasão que o setor de ensino superior vier a enfrentar no futuro poderá prejudicar nossos resultados operacionais;
  • A Estácio Participações está sujeita a riscos normalmente associados à concessão de financiamentos e, caso a Companhia não cumpra as condições que foram impostas nesses programas e parceria, a mesma poderá perder parte das receitas e/ou benefícios fiscais.
7) Riscos com relação ao setor de atuação da Companhia
  • As instituições de ensino superior privadas poderão ser prejudicadas se o governo alterar sua estratégia de investimento em educação.
8) Riscos com relação à regulação do setor de atuação da Companhia
  • O setor de ensino superior brasileiro está sujeito a diversas leis e regulamentos, cujo descumprimento pode fazer com que órgãos governamentais, o MEC e terceiros podem conduzir fiscalizações, propor procedimentos administrativos ou instaurar ações judiciais contra instituições de ensino superior;
  • As instituições de ensino superior podem ser prejudicadas se não conseguirem renegociar os acordos coletivos com os sindicatos que representam seus professores e funcionários ou por greves e outras atividades sindicais;
  • Se as instituições de ensino superior perderem os benefícios das isenções fiscais federais oferecidas pelo PROUNI, seus negócios, situação financeira e resultados operacionais poderão ser negativamente afetados.
9) Riscos com relação aos países estrangeiros onde a Companhia atua
  • Não temos nenhuma atuação em países estrangeiros.